Faaaaaaaallllaaaaaaaaaa Danibooooyy!!! Camarada, vou separar esse post em tópicos para não ficar uma leitura cansativa.

Meu nobre amigo, hoje eu preciso relatar minha passagem pela cidade de Uyuni! Essa cidade abriga nada mais nada menos do que o Salar de Uyuni, o famoso deserto de sal. Além do Salar, ela também abriga um cemitério de trens.

A cidade fica a 3665 metros acima do nível do mar e o Salar de Uyuni é o maior deserto salgado da face da Terra! Lá, bebi cerveja gelada, comi pela primeira vez carne de lhama e tomei o tão famoso chá de coca, isso mesmo, chá de coca! Mas ele não te faz mal e não te deixa “doidão”, fique tranquilo…

veja-aqui-tudo-trip-bolivia-peru

Estrada de Potosí para Uyuni

Como demonstra a foto, de ônibus a estrada de Potosí para Uyuni é belíssima. Apesar disso, a nossa chegada não foi lá das mais amigáveis. Foi um dos maiores perrengues que eu passei nas terras altas da América do Sul (houve alguns maiores).

Não faço ideia da hora, porém já estava escuro e o ônibus estava parado em um engarrafamento que não parecia ter fim. Me perguntei: “Não basta no Rio de Janeiro?!”.  Até que o motorista se levanta, sai do ônibus e volta falando que havia um bloqueio na estrada. Olho pela janela e volto a pensar comigo: “PQP! A cidade nem está aparecendo na linha de visão”. O jeito foi descer do busum com a galera e ir andando. SIM, andando…

Véio, andamos, andamos, andamos pra cacildes na altitude e com mochila nas costas… Aí quando achamos que estávamos chegando, chegamos no bloqueio (era um protesto, vários carros pararam a rodovia de acesso à cidade). Depois disso, andamos mais um pouco naquela cena de Walking Dead, aonde via-se apenas carro parado e deserto escuro… Quando chegamos na cidade, andamos… Aí, depois que todos já haviam pego os respectivos taxis, nós conseguimos um!!

Depois disso tudo fiquei sabendo que os bloqueios em estradas são normais na Bolívia. A galera lá briga legal pelos direitos…

Estrada de Potosi para Uyuni
Estrada de Potosi para Uyuni
leg2
A longa caminhada…

 

Hospedagem

Passamos um “perrenguinho” para achar um hostel que nos abrigasse, mas conseguimos! Pagamos 130 bolivianos num quarto de casal. Chegamos no quarto, tomamos aquele banho, deitamos na cama e Morfeu nos abraçou em um milésimo de segundo (talvez menos…).

O Santo Graal da comida boliviana

Eu acho que já disse isso, porém a parte do dia que eu mais sentia fome e comia sem medo de passar mal, como se não houvesse amanhã, era no café da manhã! Ressalto, coma muito no café da manhã (grifei!) pois as outras refeições bolivianas podem te fazer precisar de remédios estomacais (no português claro, no mínimo, você terá uma caganeira). A comida de lá é tensa…  Nesse café da manhã vem ovos, café ou chá, pão com manteiga ou geleia e um suco natural.

O chá de coca

O gosto é bem parecido com o do chá verde. Particularmente, gostei muito. Na Bolívia, é comum as pessoas mascarem a folha da coca e tomarem chá também. Dizem por lá que a folha é extremamente nutritiva e contém efeitos medicinais. Ela alivia o famoso “mal de altura“, tem efeito analgésico, além disso, alivia a sensação de fome. Para um povo sofrido como o da Bolívia, isso é importantíssimo.

Infelizmente, o homem criou uma tal droga chamada cocaína e isso fez com que muitos governos proibissem o cultivo dessa planta.

Chá de coca
Chá de coca

 

A cidade de Uyuni

A cidade é totalmente turística, tem vários restaurantes e bares e eu gostei bastante. Dava para ter ficado mais um dia para curtir os bares mas preferimos ficar um só.

Outra coisa que curti foi que uma semana antes, a cidade recebeu o Dakar Bolívia e então estava toda enfeitada ainda. Como fomos após o Dakar, as coisas diminuíram bastante de preço. Encontramos uma galera em La Paz que foi na época do rally e ficou meio puta, pois os preços estavam um absurdo e eles não viram nada do rally.

Mapa da cidade de Uyuni
Mapa da cidade de Uyuni

 

Preparativos para ir ao Salar de Uyuni

Nos informamos que os carros saíam entre 10:00 e 10:30 da manhã para o Salar. Como já estávamos cansados de saber que na Bolívia tudo funciona na base da pechincha, visitamos 5 casas de turismo. Fique tranquilo Daniboy, eu sei que você não gosta de andar, mas as casas de turismo são muito próximas umas das outras, algumas coladas parede com parede. Conseguimos baixar o preço do passeio de 200 bolivianos/pessoa para 100 bolivianos/pessoa. Mermão, nenhum investimento da bolsa gera 100% de lucro e os caras tentam meter essa! No nosso caso, foi 50% de desconto!

Há dois tipos de passeio. Um você fica o dia todo no Salar, conhece o museu do Sal, o cemitério dos trens etc. No outro você faz esse mesmo passeio, porém, conhece algumas coisas a mais e vai até o Deserto do Atacama (Chile). Nós optamos pelo passeio de um dia, preferimos deixar o Chile para uma próxima vez.

Leve óculos escuro com proteção UV boa !! O sal do deserto reflete o Sol e fica tenso de abrir os olhos sem óculos.

O legal foi que íamos sair da cidade naquele mesmo dia e a agência de turismo guardou nossas mochilas, não precisamos pagar mais um dia de hospedagem :-). É uma prática comum nas agências, não foi específico da que nós contratamos…

O Salar de Uyuni

Os carros que te levam são 4×4 mas não espere um hiper rally emocionante, eles andam bem devagar… Foi minha decepção, aliás, fomos uma semana após o Rally Dakar da Bolívia. Poderiam ter pego alguma inspiração…

Você tem que conhecer esse lugar cara!!! Não vou falar muito, veja as fotos! Nós demos a sorte de pegar época de chuva e olha no que deu… Por um acaso, a Any (minha namorada) já havia ido ao Salar com o meu cunhado e pegou o deserto seco. Veja só a diferença!

Salar de Uyuni
Salar de Uyuni
Dakar no Salar
Dakar no Salar
Salar de Uyuni
Salar de Uyuni
Salar de Uyuni
Salar de Uyuni
Salar de Uyuni
Salar de Uyuni
Salar de Uyuni
Salar de Uyuni

 

O cemitério dos trens

 O cemitério é bonito, você fica lá tirando umas fotos, o guia te fala a história… Curti o preparativo pro Dakar.

Dakar no cemitério de trens
Dakar no cemitério de trens
Voltando a ser criança no cemitério de trens!
Voltando a ser criança no cemitério de trens!

 

A carne de lhama

Quando saímos do Salar fomos jantar e encontramos um lugar que servia carne de lhama. Ora, tá na chuva é para se molhar, jantamos lá! Só que dessa vez a carne estava mal feita, parecia chiclete… Comi novamente em La Paz para tentar desmistificar. No post de La Paz eu falei o que achei.

Não pode pensar duas vezes...
Não pode pensar duas vezes…
Cardápio do dia!
Cardápio do dia!

 

A cerveja mais gostosa da Bolívia

Bebi minha segunda cerveja em Uyuni, enquanto esperava a carne de lhama. Eu, futuro mestre cevejeiro, elegi a Potosína a cerveja mais gostosa de todas que provei na Bolívia. Como a cidade é turística e recebe muitos brasileiros, eles serviam cerveja gelada!

A melhor ceveja da Bolívia eleita pelo mestre cervejeiro Igor Assanti
A melhor ceveja da Bolívia eleita pelo mestre cervejeiro Igor Assanti

 

Preparativos de Uyuni para La Paz

Compramos as passagens de ônibus para La Paz por 120 bolivianos. Foi o melhor ônibus que pegamos na Bolívia mas não havia banheiro… Pegamos o ônibus às 20 horas. A viagem demorou cerca de 15 horas e dormimos boa parte dela.

Meu amigo, como sempre digo, tire a bundinha do computador e vá viajar!!! Conheça esse mundão e faça uma bela resenha naquele barzinho que sempre nos encontramos e aqui no blog!

Do seu grande amigo,

Igor Assanti

veja-aqui-tudo-trip-bolivia-peru

Reserve seu hotel no Booking pelo link abaixo. Você não paga nada a mais por isso e ainda nos ajuda!

3 comments

    1. Faala Eline ! Tudo bem ?

      Primeiramente obrigado pelo acesso !

      Como passamos um perrenguinho em Uyuni e fizemos tudo correndo, não anotei o nome de nenhum dos dois (especificamente em Uyuni) 🙁 . Fique tranquila que não cometerei mais esse erro :).

      Na Bolívia, vale a pena você ver na hora e pechinchar, conheci uma galera que pagou mais caro querendo antecipar. Mas fica a seu critério, tem muita gente que não gosta de fazer o que eu fiz nessa viagem (Estava com destino pré-traçado mas sem nada definido, mudei tudo na hora).

      Espero ter ajudado de alguma forma 😛

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *