Durante a road trip pela Alemanha tive a oportunidade de assistir a um jogo do Borussia Dortmund pela fase de grupos da Champions League no seu estádio, o Signal Iduna Park. Na verdade, esse era um dos objetivos da trip e, inclusive, dirigimos umas quatro horas e criamos um roteiro bem peculiar só para poder encaixar a ida a Dortmund por causa do jogo.

Como é assistir a um jogo no Signal Iduna Park, estádio do Borussia Dortmund
O campo

 

Signal Iduna Park

O estádio do Borussia tem capacidade para mais de 80.000 pessoas e é o maior da Alemanha. Foi construído para a Copa do Mundo de 74 e já passou por algumas reformas e ampliações, sendo a última para a Copa do Mundo de 2006, aumentando sua capacidade para a que é hoje.

Ingressos

Compramos os ingressos pelo Ticketmaster e ele foi enviado para a minha casa pelo correio. Demorou aproximadamente uma semana para chegar.

Não sei se dá para comprar lá na hora, mas acho que não, até porque o jogo estava lotado e imagino que todos os ingressos foram vendidos antecipadamente.

Ida para o estádio e estacionamento

Fomos de carro para o estádio e tivemos um pouco de dificuldade para achar estacionamento. Havia muitos carros nas ruas nas imediações do Signal Iduna Park, gerando aquele trânsito característico de arredores de estádios em dias de jogos.

Existem vários estacionamentos nos arredores do estádio, mas muitos já estavam lotados. Fomos orientados por algumas pessoas na rua (que acredito serem funcionários do Borussia) a estacionar num determinado local onde havia vagas. Seguimos suas instruções e estacionamos sem grandes problemas, mas confesso que perdemos um tempinho até estacionarmos o carro.

O estacionamento era um descampado cercado. Pagamos um valor fixo na entrada (que eu não lembro quanto foi) e pronto. Algo improvisado, bem nos moldes do Brasil… Mas um pouco mais organizado, né…

Segundo o site oficial, há mais de 10.000 vagas em estacionamentos próximos aos estádio.

Entrando no estádio

Tinha uma grande muvuca para entrar no estádio, igual aos estádios brasileiros. Confesso que achei que seria mais tranquilo na Alemanha, mas não foi. Inclusive, optamos por esperar um pouco a muvuca melhorar, então fomos comer um pão com linguiça nas barraquinhas de comida perto da entrada.

Passado um tempo, com menos aglomeração, entramos. Ainda pegamos uma filinha, mas foi de boa, só que entramos com o jogo já começado em 10 minutos.

A dica aqui é aquela mesma velha e boa prática de chegar cedo, para pegar menos aglomeração na entrada e achar seu lugar tranquilamente. Isso vale pra todos os estádios do mundo… Mas no Sigal Iduna Park, leve um pouco mais a sério.

Dentro do estádio

Os lugares são marcados e você senta na cadeira que comprou (estamos na Alemanha, lembra?!). Nosso assento era dos mais baratos. Próximo ao escanteio, lá no alto. Bem alto. Tínhamos a visão de todo o campo, mas o teto do estádio cobria nossa visão de parte da arquibancada oposta. Confesso que isso me incomodou um pouco. Numa próxima ida lá, ficarei num lugar um pouco mais abaixo. E aí já vai outra dica pra quando você for nesse estádio! 😉

A faixa destinada a torcida adversária, no caso, do Napoli, era toda cercada por seguranças e toda vez que alguém fazia algo “de errado” como acender um sinalizador (que é proibido), vinha na hora um segurança para fazê-lo apagar. Isso rolou umas quatro ou cinco vezes.

No geral, me pareceu ser bastante seguro em relação a brigas de torcidas e coisas do tipo.

Como é assistir a um jogo no Signal Iduna Park, estádio do Borussia Dortmund
A vista do campo desde nosso lugar na arquibancada

 

O jogo

O grupo do Borussia na Champions League tinha três times empatados, com 6 pontos. Dois deles eram Borussia e Napoli, então era um jogo importante, e foi bem emocionante! No final 3 x 1 para o Borussia Dortmund! Jogão!

A torcida do Borussia

A torcida do Borussia é famosa por ser apaixonada e fazer muito barulho e festa, e realmente é assim! Pude comprovar isso e foi muito legal estar naquele ambiente! Um das músicas deles é com o mesmo ritmo de “Fluminense eterno amor”, então, quando cantavam essa, eu até cantava junto! 🙂

Ainda assim, posso dizer que já vi lindas festas das torcidas no Brasil também.

Saída do estádio

A saída do estádio foi muito tranquila. Não houve confusão e a coisa foi bem ordenada. São feitos anúncios em alemão, inglês e na língua da torcida adversária (no caso, italiano) sobre as formas de saída do estádio, horários de voos, etc. Muito legal isso!

Anexo ao Signal Iduna Park há a loja oficial do Borussia Dortmund, vendendo vários produtos e é claro que funciona depois que o jogo acaba. A galera, empolgada com a vitória, vai lá e gasta uma boa grana comprando coisas do clube. Para nós, brasileiros, o preço é meio salgado e compatível com o das lojas de esportes. Pensei que pudesse ser mais barato por ser a loja oficial do clube… Ledo engano!

Embaixo da loja há um bar que me pareceu bem maneiro. Inclusive, acho que funciona durante o jogo e quem não consegue ingresso assiste o jogo nesse bar. Estava muito lotado na hora que saí da loja e não consegui entrar. Esperei um pouco, mas a galera do lado de dentro parecia que ficaria comemorando a vitória por bastante tempo, então fui embora sem entrar lá.

Como é assistir a um jogo no Signal Iduna Park, estádio do Borussia Dortmund
Signal Iduna Park

 

Considerações finais

A experiência foi muito maneira! Eu certamente repetirei a dose na próxima oportunidade que tiver. E recomento fortemente para quem vai à Alemanha.

O que eu mudaria ou faria diferente?

Como já falei antes, compraria um lugar melhor, um pouco mais pra baixo se não fosse muito caro.

Também consideraria ir de taxi, uber ou similar, para não me preocupar com estacionamento. Mas nesse caso, teria que buscar informações sobre se é tranquilo conseguir transporte para a volta.

Indo de carro, iria mais cedo.

No resto, é beber cerveja e torcer!