Sou um frequentador do Maraca desde adolescente, mas confesso que demorei um pouco a visitar o novo Maracanã. Ele está remodelado, nos padrões FIFA (seja lá o que isso quer dizer…) e é administrado por um consórcio com acordos diferentes para cada clube que joga nele. Muitas mudanças no Estádio Mario Filho

Foi inaugurado em 1950 para a Copa do Mundo daquele ano e na época era o maior do mundo. Teve seu recorde de público na final daquela Copa, na derrota do Brasil para o Uruguai por 2 x 1 (o Maranacazo) com um público oficial de 199.854 pessoas (há quem diga que havia 210.000). Perdeu o posto de maior do mundo em 1999, mas continua o sendo, em nossos corações!

Hoje, com as adequações para a Copa do Mundo 2014, sua capacidade é de aproximadamente 75.000 pessoas, o maior do Brasil.

Nesse post falarei do novo Maracanã e farei um comparativo com o antigo.

Se estiver vindo ao Rio de Janeiro, clique aqui e veja ótimas opções de acomodação na cidade.

Entrada do Maraca
Entrada do Maraca

1- Compra de ingressos

Para ter a experiência completa de como está o novo estádio e sua organização, resolvi comprar o ingresso na bilheteria e não pela internet (como sempre faço). Comprar ingresso na bilheteria em dia de jogo é sempre meio confuso. No novo Maraca continua meio confuso… A longa fila até que anda rápido e é organizada, mas na hora que se entra no “curral” da bilheteria a coisa dá uma bagunçada, igual era antigamente. A diferença é que achei que faltou um pouco de agilidade dos vendedores.

Li também relatos de complicação e demora na retirada dos ingressos comprados pela internet que são retirados no estádio.

E na Copa?

Na Copa não haverá venda de ingressos nas bilheterias, então tá tranquilo.

2- Informação

Tem muita informação. Em todo canto tem uma pessoa perguntando: “Precisa de informação?”. Muito bom isso! É só dizer a sua dúvida e eles prontamente te ajudam.

E na Copa?

Imagino que vai ser daí para melhor e com pessoas falando também em inglês. Se não for desse jeito, deveria ser…

3- Organização

Tá muito organizado! Até demais…  Antigamente entrava-se por onde quisesse e lá dentro a gente ia para o lado do nosso time. Só havia diferença entre entrada de arquibancada e cadeiras.

Hoje tem vários setores (Norte, Sul, Leste e  Oeste, todos com Superior e Inferior) e cada um tem uma entrada específica. É até bom para evitar tumulto numa única entrada, mas pode ser um pouco chato em algumas situações. No meu caso, comprei ingresso na bilheteria do Bellini (Sul) e só pude entrar pela UERJ (Norte). Foi uma boa pernada, que antigamente poderia ser feita por dentro do estádio. A nova rampa de acesso é bem mais longa que a antiga. Mais uma caminhadinha…

Acredito que, com o tempo, a galera vai se acostumar com o novo esquema de entradas.

E na Copa?

Vai ser do mesmo jeito. Você terá seu assento e a entrada pela qual deve entrar. Vai ter que andar, até porque devem fechar as ruas próximas ao trânsito, então a caminhada é inevitável. O lance é chegar com razoável antecedência para poder ir com calma até seu assento. Não vejo maiores problemas.

Os novos setores
Os novos setores

4- Visual

O Maraca tá lindo, mas antigamente ERA MUITO MAIS LINDO!!!

Como assim???

Na verdade a nova cobertura e iluminação são bem mais bonitas que as antigas, mas tem um porém…

Ele perdeu sua característica marcante que eram os dois anéis. Ficou estranho aos olhos dos antigos frequentadores (tudo bem, sou um saudosista, mas tô tentando ser imparcial). Imagine só se pintassem a Golden Gate Bridge de verde… Ou se adicionassem estruturas metálicas à Torre Eiffel?! Entende o que quero dizer? O Maraca é o Maraca… o eterno Maior do Mundo, com dois anéis… Ele foi desfigurado… Triste isso… :-/

Visual do novo Maraca
Visual do novo Maraca
Visual do antigo Maracanã
Visual do antigo Maracanã

Do antigo anel superior (arquibancada) era melhor de ver o jogo. Agora, para ver mais de cima, você fica lá atrás e vê tudo muito mais de longe…

Outra mudança de visual tem a ver com a nova organização. No caso do Fluminense, os ingressos dos setores Norte e Sul são do Flu, os outros, da concessionária que administra o estádio. Conclusão: Mesmo em jogos com grande público, os setores Norte e Sul ficam lotados e os outros, bem vazios, pois a torcida prefere pagar o ingresso mais barato e o valor vai integralmente para o Flu e não para a Odebrecht e o Eike Batista… O problema é que fica uma parte lotada e outra vazia e isso é bem feio e estranho, visualmente falando.

Bonita cobertura e a questão da setorização da torcida: um lado cheio e outro vazio
Bonita cobertura e a questão da setorização da torcida: um lado cheio e outro vazio
Maraca antigo
Maraca antigo

E na Copa?

Se você nunca foi ao antigo Maraca, não vai saber como era e não vai ficar chateado. Se vc não for saudosista, pode se que não ligue. Caso contrário…

Sobre a questão dos setores, não haverá problema, pois o estádio ficará lotado e lindo! Não tem Flu, nem Fla, nem Odebrecht, nem Eike Batista… O dinheiro vai todo para a FIFA… E já está tudo vendido!

Conclusão

Eu (e muitos outros) não gostei de terem acabado com os dois anéis. Não entendo porque fizeram isso, pois creio que ele poderia ter sido reformado, mas mantidos os dois anéis. De qualquer forma, o estádio tá lindão e vai ser um sucesso na Copa.

Eu escrevi outro post sobre o Maracanã, mostrando toda a experiência de assistir a um jogo lá. Explico como chegar, compra de ingressos, etc. O link tá aqui, é só clicar!

Novo Maracanã
Novo Maracanã
Antigo Maracanã
Antigo Maracanã

Minhas fotos não são um bom comparativo, pois foram tiradas de ângulos diferentes. As do antigo, do setor inferior e as do novo, do superior.

O que você acha? Concorda comigo? Discorda? Diz aí nos comentários.

Ah, e se você for num jogo da Copa no Maraca, conta aí como foi, pois eu não vou porque não consegui ingresso…

Reserve seu hotel no Booking pelo nosso link. Você não paga nada a mais por isso e ainda nos ajuda!

One comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *