A cidade com ar europeu e seu famoso festival de inverno fica lotada em Julho e um de seus charmes é aproveitar os inúmeros bares e restaurantes de Capivari. Tem que coçar o bolso, pois um fundue com uma garrafa de vinho sai por mais de 200 pratas. Dependendo do vinho, 300, 350…

Mas vale a pena. É um clima bem diferente do que se tem normalmente no Brasil, ainda mais nesse inverno de 2013 com uma friaca da macaca! Os termômetros em Campos do Jordão marcaram 0º à noite e tome-lhe casaco, gorro, luva, etc…

Capivari
Capivari
Capivari
Capivari
Fondue de carne do Safari. Restaurante muito animado com boa música e comida
Fondue de carne do Safari. Restaurante muito animado com boa música e comida

 

Comprar essas roupas de frio por lá não é uma má ideia, pois a cidade conta com várias malharias e afins e o comércio bomba com bons preços.

Mas, para mim, as atrações mais legais são as relacionadas com aventuras e paisagens (novidade…) e Campos do Jordão é bem servida nessa parte também.

Existem vários picos próximos, mas alguns só dá para chegar de 4×4, moto trail e afins. Fomos então, com o pessoal do Passeios na Natureza, dar um rolé de gaiola (espécie de buggy) no Pico do Imbiri, de onde se tem uma bela vista. O passeio é muito legal e me empolguei bastante nas estradas esburacadas. Antes do pico, a gente passou na Gruta dos Crioulos, uma caverna que era usada por escravos. Lá, há uma barraquinha que vende um pastel delicioso, feito na hora. Recomendo.

Passeio de gaiola e a Pedra do baú ao fundo
Passeio de gaiola e a Pedra do baú ao fundo
As gaiolas no off-road
As gaiolas no off-road
Gruta dos Crioulos
Gruta dos Crioulos

Outro belo lugar foi a Pedra do Baú. Nessa, dá para ir de carro normal, sem tração nas 4. Passamos um dos fins de tarde lá e foi o maior astral ficar ali vendo o sol se pôr. Nesse pico a galera salta de parapente, mas as condições não estavam tão favoráveis para voo (não haviam térmicas), então só um cara saltou, os outros desistiram e ficaram, como nós, vendo o pôr do sol com os pés no chão.

Pedra do Baú
Pedra do Baú
Visual desde a Pedra do Baú
Visual desde a Pedra do Baú
Por do sol da Pedra do Baú
Pôr do sol da Pedra do Baú
Parapente
Parapente ao por do sol

 

Para completar, no dia seguinte pegamos o passeio para a Vila Austríaca de quadriciclo (também com o Passeios na Natureza). Mais uma vez nos divertimos muito apesar do frio na barriga nas horas de descida íngreme onde o quadriciclo vai deslizando morro abaixo e a gente rezando… Depois foi só “tirar uma onda” de radical com a roupa cheia de lama, contrastando com a galera toda arrumadinha em Capivari.

Passeio de quadricículo
Passeio de quadriciclo
Passeio de quadricículo
Passeio de quadriciclo

 

A cidade também é conhecida por suas cervejarias. Não conseguimos fazer o passeio na Baden Baden, pois todos os horários estavam lotados, mas deu para degustar um pouco de suas cervas, assim como as da Cervejaria Campos do Jordão.

Por fim, antes de pegar a estrada de volta, passamos na Chocolate Araucária para fazer umas comprinhas chocólatras e fomos surpreendidos com um pequeno museu e paredes de vidro, onde pode-se ver os funcionários fabricando chocolates.

Cerveja Campos do Jordão
Cerveja Campos do Jordão Dunkel
Cerveja Campos do Jordão
Cerveja Campos do Jordão Sonne

 

10 comments

  1. Maneiro hein! Um Campos de Jordão que eu desconheço. Belas fotos!
    Quando estive lá só fiquei conhecendo o tradicional cervejaria e restaurante. Nada contra também, hehe.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *